Friday, 23 January 2015

Bruschetta

E a receita da semana é... Bruschetta de tomate

Eu criei esse tipo de bruschetta ontem mesmo, pois não tinha quase nada para comer em casa e estava morta de fome... Peguei vários sobras de ingredientes, juntei tudo e deu no que deu: um pão com tomates delicioso. Depois procurei o nome do que eu fiz e acabei descobrindo que é algo semelhante à Bruschetta...!!
Claro que faltou queijo e o manjericão para dar o toque final ao prato, mas não tinha em casa haha...




Vamos lá

INGREDIENTES PARA DUAS PORÇÕES MÉDIAS:




- 1 1/2 tomates picados
- 2 meias fatias de pão italiano grande
- 2 fatias de mortadela (ou qualquer outro presunto ou peito de peru)
- 1/2 cebola picada
- 1 pitada de sal
- 1 pitada de orégano (pode trocar por manjericão fresco, fica melhor ;) )
- azeite

COMO FAZER:

Primeiro coloque azeite na frigideira e aqueça em fogo alto. Quando o azeite tiver aquecido junte a cebola e deixe-a amolecer um pouco - cuidado para não começar a fritar; abaixe o fogo e depois junte o tomate picado (guarde a metade do outro tomate para colocar depois), a mortadela, o sal e o orégano e misture tudo até ficar quente sempre lembrando que não é para fritar.
Desligue o fogo, tampe a frigideira e frite o pão.
Para fritar o pão coloque azeite em uma frigideira, esquente em fogo médio e coloque as duas fatias do pão até elas dourarem; vire e doure o outro lado.
Feito isso, coloque as fatias em um prato, distribua os tomates sobre os pães e coloque o resto dos tomares picados em cima - os tomates picados que não foram ao fogo não são necessários. Servem mais para dar uma boa aparência na hora de servir.
Coloque uma folha de manjericão (eu não tinha na hora então coloquei orégano mesmo), bote azeite pelo o prato, e pronto!
Muito fácil de fazer e muito gostoso!

Tempo de preparo: 10 minutos aproximadamente

Passo a passo em fotos:

  
4)

5) 6)


Espero que tenham gostado!
Qualquer dúvida perguntem nos comentários

Beijos
Alice



Thursday, 22 January 2015

Primeiro Post

Hoje começo um novo blog que, diferente dos outros que tive, não será sobre moda, nem famosos, nem unhas, mas sim sobre a vida e o meu dia-a-dia, sonhos, críticas e além disso terá uma receita bem legal por semana e eventualmente postarei fotos tiradas por mim que me dão força para sempre querer fotografar mais!!
Para começar gostaria de saber qual receita que vocês gostariam que eu postasse! Por enquanto será só com foto, mas com o tempo farei videos, e para isso conto com a participação de todos os meus leitores.

Esse blog é, acima de tudo, uma experiência culinária junto a um diário crítico.
Deixem seus comentários!



22/01/2015

Como todos os brasileiros sabem, o ENEM afeta milhões de jovens e adultos e esse início de ano é o período do desespero. Sou brasileira, tenho 17 anos, acabei de terminar o Ensino Médio, estou inserida no mundo competitivo, logo estou nesse desespero também. Hoje é o último dia de inscrição no Sisu, aonde a gente se inscreve para algum curso de nossa escolha de acordo com nossa nota. Pois bem, não tive a melhor nota, minha média é mais ou menos 690, e estou na lista de espera para Física embora vá tentar Engenharia esse ano de novo. Mas o que acabou com as minhas esperanças mesmo foi a redação. 
A redação do ENEM.
Eu, uma pessoa que odeia regras idiotas, pergunta: "Mas que palhaçada é essa????"
A redação do ENEM é o exemplo mais perfeito para falar da padronização do mundo moderno, da falta de liberdade de expressão e da regra pela regra. Quem fez ENEM sabe dos padrões ridículos e se alguém que está lendo isso fez parte da criaçāo disso, me desculpe mas reveja os seus conceitos de avaliação!
Escrevi um texto no Facebook bem irônico no dia que saiu a nota e aqui está ele:

( link para o post )

"Palavras. Ideias. Certo ou errado? Pode ou não pode? Pontuações diferentes para uma mesma redação. 
Pontuaçāo? O que é isso se não um número que dāo de acordo com a vontade de cada corretor?
Redação? O que é isso se não uma folha aonde voce é obrigado a juntar ideias em um padrão, em uma forma.
Padrão. Forma. Isso é o mundo moderno. Ninguém pode se expressar sem medo de ultrapassar as 30 linhas. Ninguém pode se expressar apenas com uma frase. Não. São 30 linhas, 4 parágrafos.
Usar a palavra “eu” em um texto argumentativo? Ai, ai, ai, moça, você não sabe escrever!
Usar 10 linhas para compor? Ai, ai, ai, moça, sua mãe pagou escola para quê?
Fazer o que eu estou fazendo nesse texto? Nossa moça, você merece zero!
Vamos falar que havia uma pedra no meio do caminho, no meio do caminho havia uma pedra e estaremos todos, definitivamente reprovados!
Vamos reprovar todos os cronistas, poetas, autores de peças teatrais, pois eles talvez não saibam escrever em 30 linhas.
Fim.
Ue, não teve uma proposta de intervenção? Que feio, moça, dormiu nas aulas né?
 - Alice Dias"

Bom, espero que tenham gostado do primeiro dia do diário!!!
Críticas são sempre bem vindas!
Beijos
Alice Dias